Arte Cinema Paulo Vinheiro

Morangos silvestres

Não sei se gostas dessa forma de expressão, mas… aí vai uma sugestão.

Para alguns ele pode ser chato, até muito chato. Eu assiti duas de suas obras há uns 30 anos atrás; nunca esqueci. Ja baixei 11 filmes destes links relacionados.
Uma coisa: temos de nos acostumas com a linguagem não enroleudiana.
Não tem nada de glamurização e tecnicidades supérfluas.
É o ser humano cru.
Terno e humano como um conto sueco.
Não tem um filme melhor que outro, mas ousaria sugerir: Morangos Silvestres.

Pode te servir, se servir… sirva-se

MORANGOS SILVESTRES (1957)
CINEASTA: INGMAR BERGMAN
GÊNERO: DRAMA
ORIGEM: SUÉCIA
DIÁLOGO: SUECO
LEGENDA: PT-BR
DURAÇÃO: 91MIN
COR: Preto & Branco
FORMATO: RMVB

O velho professor Isak Borg viaja de carro para uma universidade para receber uma homenagem. No caminho, depara-se com estranhos e parentes, o que faz ele reviver velhos momentos de sua vida e tentar descobrir o significado de estranhos sonhos que vinha tendo.

Morangos Silvestres – Ingmar Bergman

Post Comment