Joana D'Arc Poesia

Aprisionada

 

Não acredito em conto de fadas,
minha vida está mais para um 
filme de terror,
 onde a mocinha
não sou eu.
Quero fugir,
mas estou
aprisionada nesse mundo
de faz de conta,
onde todos usam mascaras.
Quem é você?
Quem sou eu?
Eu não sei mais se
existe uma realidade,
ou se todos somos
personagens de uma
história qualquer. 

 

 

Post Comment