Arte Ciência Educação Filosofia Joka Faria Literatura

A arte do diálogo

 

Como é triste ver cidadãos da senzala defender o ponto de vista da casa grande.

Sei que o maior partido das esquerdas brasileiras é acusado e até culpado pela omissão e o crescimento da corrupção no Brasil, mas daí o singelo pacato cidadão brigar nas redes sociais pelas pautas do sistema?
Sei que somos diariamente bombardeados na mídia e até nas redes sociais pelas pautas do estabelichment. Mas ser reacionário por mera provocação? Cegos que não conseguem enxergar os poucos avanços da constituição de 1988 no Brasil.
Não escrevo para defender uma pauta socialista para este país, ou qualquer outro. Nem defendo este doentio sistema capitalista. Sei que partidos políticos em sua esmagadora maioria cumpre a pauta do sistema. Mas quem ousa pensar em algo diferente?
Globo News, TV Cultura e por ai vai…E a pequena TVT que não esta na grade das Net e operadoras de TV a cabo. Nem na singela pauta do Facebook. Sei das manipulações das esquerdas e das direitas. Eu li a Revolução dos Bichos de George Orwell.
Todos SENTIMOS a queda dos governos de esquerdas no Brasil e no mundo. Acompanho a revista CAROS AMIGOS. Ver gente defendendo a volta dos militares, analfabetos políticos que nem se quer sabem da existência da Doutrina Monroe. Que mundo insano, cheio de analfabetos políticos que sequer conhecem as linhas liberais.
Sou professor, sei de minhas responsabilidades num país que o povo não quer saber de ler, seja na internet ou em livros e insistem em dar suas rasas opiniões. A infraestrutura de muitas escolas públicas é boa. Falta vontade da família e dos alunos. Preferem ouvir um som de funk numa lousa digital, a usar uma plataforma como a KHAN ACADEMY, ou usar uma Net Flix para ver documentários. Livros didáticos de história falam do socialistas utópicos e ninguém dá a mínima atenção e professores falam para as paredes.
Enquanto isto, os direitos estão sendo perdidos. O estado paralelo manda nas periferias. E sempre estamos impotentes. Não adianta gritar? Talvez precisamos aprender a arte do diálogo!
É hora de voltar às praças públicas e no diálogo encontrar a filosofia. E ousar tentar achar uma outra forma de viver . E esquecer a opressora sociedade da mera sobrevivência.

Joka

João Carlos Faria

Post Comment