Arte Joka Faria Literatura Poesia

A cidade adormecida, a chaminé e o lobo mau

Meia noite!
E as chaminés da Petrobras piscam piscam piscam.
E a inocente São José dos Campos
Dorme o sono da ignorância.
E as crianças, velhos e doentes crônicos
Lotam hospitais.
São José das bombas.
Onde outrora pombos faziam amor
Segundo o poeta José Moraes Barbosa, em um velho poema.
E a cidade anestesiada se achando burguesa.
Estamos mortos em nossa alienação.
Enquanto a Petrobrás não explode
Joga no ar gases de morte
Para abastecer nossos carros.
E morreremos de doenças crônicas
Na cidade de sanatórios.
São José!
Alienada. Enquanto casais de pombos fazem amor.
E pássaros voam sem rota.

Joka
João Carlos Faria

E ai moradores de São José dos Campos enquanto estamos em silencio e adormecidos há um pisca pisca na refinaria Henrique Lages.

Post Comment