Arte Esoterismo Filosofia Joka Faria Literatura Política e Sociedade

Deus eu nós, você!

A educação é tão careta e conservadora que joga toda as experiencias humanas numa Lata de lixo.
Ivan Illich nos abre inúmeros olhares para a presença do Estado na formação do ser Humano.
Estamos no olho de alguma revolução humana e não percebemos.
Estou em plena leitura de Jorge Mautner e Samael Aun Weor.
E o Kaos é permanecencia em nosso agir.
Estará Friedrichi Nietzche no centro de uma Religação Xamã?
Em um encontro em São Bento junto a equipe Entrementes, Ditinho Joana nos “ESCLARECEU” muita coisa. Falei para ele de minha Bisavó, dona Josa, que mantinha em Paraisópolis, um presepio o ano todo.
Ditinho Joana nos falou que a “cultura” é a raiz humana. Estavamos num solo quilombola.
Kaos de Mautner – a vida é breve e sem explicação. Não temos certeza de nada. E a educação do Estado é uma instituição falida, que aprisiona o homem. Precisamos romper algemas. Como diria Os inconfidentes: ” liberdade antes tarde do que nunca” em época de debates de gênero, feminismo, femismo nas redes insociais, nos questionamos enquanto quase humanos.
Dailor Varela, Jorge Mautner…Vida breve, quase desistindo de sentido.
Nietzche dizia que Deus morreu e quem sabe Deus sou eu, nós e voce. Não mera, eu mera sombra o Sol ainda não nasceu dentro de mim.
Nise me questionou e muito? Não ser até tornar-se.
A política já não muda, a educação é um desastre – cabe uma refundação humana. A vida é um breve instante na eternidade.
Xamãs, almas antigas, múltiplas existencias. Vamos além do super – homem.
Por que todo este debate sobre genero? Os deuses querem nos enlouquecer? Viver eterno caos. Criar, viver a arte é religação com o universo.
Deus certamente não é brasileiro. E onde esconde–se o gigante adormecido na Mantiqueira?
Nós estavamos pisando em solo sagrado. solo ancestral.

Joka

João Carlos Faria

Post Comment