Domingos dos Santos Literatura Poesia

Quando os anjos descem do céu

 

Quando, após ganhar o pão com o suor de seu rosto,

ter ido assistir um jogo de futebol e,

durante a partida, acontecerem lances inexplicáveis

como uma bola que faz uma trajetória desconhecida

pelas leis da física e entra no gol por um ângulo impossível

ou, ainda, uma bola indefensável é espalmada pelo goleiro,

rebate na trave e volta aos pés do atacante que a chuta para fora

ou casos similares a esses,

benza-se com o sinal da cruz

e repare no público da arquibancada para ver

se há alguém iluminado por um raio de sol fugidio,

ou sobre alguém pairam avezinhas do céu,

ou alguém que protege os ouvidos

para não ouvir os palavrões de um grosseiro torcedor:

creia, é um anjo do Senhor.

Post Comment