Colunistas Literatura Luisa Fresta Poesia Viagem

SÃO TOMÉ. 1

Trazia o olhar carregado da manhã

enegrecido pelo temporal

e nele se adivinhavam já

as gotas de chuva fustigando a ilha

do outro lado do verde

Era um olhar duro e manso ao mesmo tempo

Não era tédio nem descanso

apenas vento

Trazia o olhar cansado e rosa e oiro

amanhecido pelo vendaval

e nele se desenhavam já

as chuvas quentes e dolentes

do outro lado do mundo

Era um olhar doce e rude, quase intermitente

Não era oblíquo nem directo

mas molhava como voz de  gente.

Post Comment