Arte Elizabeth de Souza Filosofia

Filosofar é preciso

Ser e Existir>>>

 

Vida e morte se entrelaçam em meu peito frágil. Sinto o coração bater compassado, quase parando, diante de emoções instintivas.

O tédio, por não conhecer o verdadeiro caminho que leva a inexistência, entra por todos os meus poros ociosos.

Existo porque sou. Vivo por pura arbitrariedade daqueles “engenheiros” criados por Ridley Scott. E morro um pouco por dia, por desconhecer a arte do Ser e Não Ser.

Busco fora de mim e nada encontro. Busco dentro de mim e vislumbro imagens que não sei decifrar.

Espero que os hieróglifos tornem-se tão acessíveis como as teclas dessa máquina que insiste em dominar minha mente Claudeliana.

Deixe-me explicar: é uma mente personalizada de Camille Claudel, com aquele rosto condoído de dor e angustia. Nenhum Rodin será capaz de esculpir, muito menos entender.

Elizabeth de Souza

Post Comment