Colunistas Literatura Luisa Fresta Poesia Viagem

SÃO TOMÉ.3

Mulheres lavam roupa no rio

e o rio oferece o seu leito

e um mar de cores e de formas

faz a cama em que me deito

 

e as mulheres um tanto alheias

vão escapando pelas águas

enquanto lhes dança o corpo

no rio lavam suas mágoas

 

pintam telas ondulantes

traçam linhas multicores

no verde e no azul berrantes

se fundem todas as dores

 

bebendo o Sol do ocaso

e o perfume insistente da infância

como se a vida fosse filha do acaso

e o amor fosse uma trégua na distância

Post Comment