05/05/2010 (relembrando) Caro amigo Leon Tolstoi, faz tempo que não o leio. Toda vez que vou a um mercado lembro…

Discreto, discrepante alinhava e voa em outro sonho em desalinho. Presente, enlaça o tempo abraça o positivismo sem ficar no…