O caos afunda mastro sem bandeira Apontada a baioneta Cabeça, peito, da nação brasileira. Congela minha livre iniciativa. Crucifica…

[[[[[[[Balanço das ações Sei que investi pouco dentro desta companhia. Harmônica, limitada. Sem avaliação Ou conselho. Sei muito sobre a…

Ritos operandis Na segunda vou seguindo o mal tempo. Qualidade zero, componentes básicos “de segunda.” No jogo do homem, deu…

Presto-me a fazer versos. Muita gente ficou boquiaberta. Porque não? fiz o inverso Na margem ou fora da linha. Circulei…

Penso nos violinos mágicos, infinitudes. Catálogos, listas telefônicas, vacilos. Juventude, papéis de bala, passagens Caracas!?!?! e essa tal de magnólia.…

Deter/gente Cerebral Sem espuma, Um espelho. Após lavagem. Narciso protela na prateleira. Postergo, enquanto você adia. Ofertas, super aquecem suas…

Amado Ar…se…nal de poemas. Ar…pão Tridentes Escamas olhos verdes mareados Palmeiras Vento fresco Romance rendado. O começo da praia com…

O que está em cima. Também está embaixo. Caixa d’água Chuva Ciclo da água O cano da caixa de inspeção…

rápido, indolor, à visita indesejada. São saúvas cortadeiras no meu vaso de morangos. A máquina também emperra Prolixo surrealista Disco…

Você que espreita meu terreno Gleba poética, roçadinho. Repleto de suculentas abóbrinhas. Amarelas de pólen, as mamangabas. Dançam sobre o…